E.U.A. e o supercomputador mais rápido do mundo

Barack Obama pediu a construção daquele que será o supercomputador mais rápido do mundo em 2025. Estima-se que será 20 vezes mais rápido que o atual líder na corrida dos mais rápidos do mundo, o supercomputador chinês Tianhe-2.

casabranca_corpo

Segundo uma notícia da BBC, o presidente dos E.U.A., Barack Obama, encarregou a National Strategic Computing Initiative (NSCI) de planear e construir o supercomputador que se espera que atinja uma capacidade de 1 Exaflop.

Este supercomputador será usado para simulações complexas, para auxiliar a investigação científica e projetos de segurança nacional. Terá um papel importante na análise de dados climatéricos, de forma a obter previsões do estado do tempo mais rigorosas e até no combate ao cancro e no desenvolvimento dos chamados medicamentos personalizados, por exemplo.

Richard Kenway, da Universidade de Edimburgo, explica que os supercomputadores podem ajudar no desenvolvimento de medicamentos adaptados para indivíduos específicos. “Hoje, as drogas são desenhadas para a maioria dos seres humanos, mas nem sempre trazem bons resultados para todos”, explica o especialista. “O verdadeiro desafio está em conseguir medicamentos que sejam adaptados ao genoma e ao estilo de vida de cada um”.

Para além da investigação científica, a BBC avança na mesma notícia que a Casa Branca sugere que o supercomputador pode ser usado pela NASA, o que poderia significar o desenvolvimento de aeronaves sem o recurso a testes de túnel de vento.

Mark Parsons, do Edinburgh Parallel Computing Centre (EPCC), considera que este passo é uma tentativa clara de desafiar a liderança chinesa no que diz respeito à supercomputação: “os E.U.A. perceberam que se querem manter-se na corrida, terão que investir”.

Quer explorar a Supercomputação na sua organização?

Nome*
Email*
 

Telefone*
Descrição*

*Campos obrigatórios